O mais fascinante sobre Amsterdã é que a cidade tem personalidade própria. Conhecida por sua diversidade cultural, políticas liberais e tolerância, evidentes tanto em sua história quanto na sociedade atual, é fácil apaixonar-se por ela. Os canais, a arquitetura, o idioma, a comida, a arte, a vida noturna… Tudo é único e intrigante. Os moradores se locomovem de bicicleta, celebram a vida, curtem uma boa cerveja, cultivam tulipas e produzem queijos maravilhosos. Para completar, a população local é super receptiva (exceto quando você anda nas ciclovias deles!) e fácil de se comunicar, já que praticamente todo mundo fala inglês por lá. Amsterdã também é uma ótima cidade para aproveitar restaurantes incríveis, uma vida noturna vibrante e viver experiências maravilhosas.

 

Onde Ficar

Amsterdã é plana e fica abaixo do nível do mar, posição geográfica que torna fácil transitar por seus distintos bairros a pé ou de bicicleta. Fique perto do Museumplein se um de seus objetivos principais é visitar seus muitos museus de alta qualidade.  Fique no Jordaan ou Nine Streets para estar bem na área que os locais frequentam, com lojas elegantes e descoladas, restaurantes e alguns dos mais lindos canais da cidade.

De Pijp era uma região da antiga classe operária que ficou moderna e está na moda, cheia de restaurantes, cafés e com uma animada vida noturna. É lá que você consegue sentir Amsterdã da mesma forma que os seus habitantes. Oud West é uma área animada perto de Voldenpark que atrai um público jovem em busca de uma experiência dinâmica. Evite o centro da cidade perto do distrito da Luz Vermelha. É lotado, cheio de turistas e, é claro, armadilhas para eles.